Governo Federal reforça prevenção a incêndios no Pantanal

comissao-debate-nesta-segunda-projeto-sobre-compra-de-vacinas-pelo-setor-privado
Comissão debate nesta segunda projeto sobre compra de vacinas pelo setor privado
agosto 6, 2021
andre-ferreira-visita-mary-gouveia-e-anuncia-r$-600-mil-para-infraestrutura-de-escada
André Ferreira visita Mary Gouveia e anuncia R$ 600 mil para infraestrutura de Escada
agosto 6, 2021
governo-federal-reforca-prevencao-a-incendios-no-pantanal

Investimentos e parcerias fortalecem ações diretas, inteligência e educação ambiental


Publicado em

06/08/2021 15h12

Com o objetivo de fortalecer a proteção contra incêndios florestais no Parque Nacional do Pantanal Matogrossense (MT) e no bioma do Pantanal em Mato Grosso do Sul, o Governo Federal, por meio do Ministério do Meio Ambiente, anunciou acordos, novas ações e investimentos de prevenção e combate.

Firmado com o Instituto Homem Pantaneiro (IHP), o primeiro acordo prevê a realização de aceiros, um novo sistema de monitoramento de embarcações e o impulso a pesquisas científicas sobre o impacto do fogo no Parque Nacional. O acordo firmado com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul terá sua integração realizada pela Polícia Militar Ambiental e compreende todo o Pantanal no estado. Por meio da cooperação entre as entidades, o objetivo fortalecer fiscalização, monitoramento, intercâmbio de informações, inteligência e educação ambiental junto a todos os envolvidos nas ações.

Para ações de prevenção e combate, serão usados os recursos que vêm do Fundo Mundial para o Meio Ambiente, no âmbito do projeto GEF-Terrestre, coordenado pelo MMA e implementado e executado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO), respectivamente. O projeto tem valor total de cerca de R$ 167 milhões, e prevê entre suas ações o resgate de animais silvestres em emergências ambientais, em especial ocorrências de incêndios florestais.

Enfatizando a importância da união de forças, o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, destacou a operação Guardiões do Bioma, fruto de novo plano integrado de combate a incêndios florestais, agregando os ministérios do Meio Ambiente, Justiça e Segurança Pública e Desenvolvimento Regional. “Essa integração entre Força Nacional e órgãos ambientais é fundamental para enfrentar esse grande desafio em todos os biomas, e se soma às ações que estamos trazendo hoje para o Pantanal”, ressaltou o ministro.

Com informações do Ministério do Meio Ambiente

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *