Jean Wyllys: Lula não deve concorrer

PRF apreende eletrônicos sem nota em Salgueiro
maio 27, 2024
Café: efeitos minuto a minuto no corpo
maio 27, 2024

Jean Wyllys Propõe Simone Tebet como Candidata e Critica Governo de Centro-Direita

O ex-deputado federal Jean Wyllys (PT-SP) fez declarações controversas na última sexta-feira, sugerindo que o presidente Lula (PT) não dispute a reeleição em 2026 e atue como “cabo eleitoral” da ministra do Planejamento, Simone Tebet (MDB). Wyllys expressou sua opinião em uma entrevista ao podcast “Futeboteco”, enfatizando que o PT deveria ceder o protagonismo e apostar em novos nomes.

Wyllys argumentou que a figura de Lula já não tem a mesma força e popularidade de antes, sugerindo que ele poderia apoiar Tebet, com o ministro dos Direitos Humanos, Sílvio Almeida, como vice-presidente da chapa. Ele destacou o diálogo de Tebet com a centro-direita e as classes dominantes, enquanto Almeida representaria a luta contra o racismo.

Apesar de reconhecer que seu cenário proposto pode não se concretizar devido à tradição do PT em lançar candidaturas próprias, Wyllys expressou sua visão de que a mudança seria benéfica para o partido.

No que diz respeito ao atual governo, Wyllys criticou o presidente, descrevendo sua gestão como centro-direita. Embora tenha elogiado ministros como Anielle Franco (Igualdade Racial), Sonia Guajajara (Povos Indígenas) e Silvio Almeida (Direitos Humanos), ele os considerou representantes meramente emblemáticos, sem expressão política significativa dentro do governo.

Wyllys reconheceu que, apesar das críticas, um governo de centro-direita representa um avanço em relação à administração anterior, que ele caracterizou como extrema-direita sob o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

As declarações de Wyllys geraram debate sobre o futuro político do PT e a estratégia para as eleições presidenciais de 2026, destacando a busca por renovação e o enfrentamento dos desafios políticos do cenário brasileiro atual.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *