PPP impulsiona Transnordestina

Recuso de Moraes: Bolsonaro Inelegível
maio 27, 2024
STF: Prorrogação de Cotas Raciais
maio 27, 2024

Governadora Celebra Licitação para Projeto da Ferrovia Transnordestina: Perspectivas de Parceria Público-Privada (PPP)

A governadora Raquel Lyra (PSDB) defendeu a retomada do trecho da ferrovia Transnordestina, que conecta Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, ao Porto de Suape, através de uma Parceria Público-Privada (PPP). Lyra também comemorou a licitação para a contratação dos projetos executivo e básico desta empreitada, realizada na última semana.

Lyra comentou: “Vai haver uma retomada da obra a partir do projeto atualizado e tudo aponta para uma Parceria Público-Privada (PPP)”. Ela explicou que essa estratégia é semelhante à adotada para viabilizar o trecho da ferrovia entre o Porto de Pecém, no Ceará, e Eliseu Martins, no Piauí. “Mas até lá temos a garantia do Governo Federal de que essa obra será tocada diretamente por ele”, esclareceu a governadora.

O Governo Federal liberou R$ 500 milhões através do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para o projeto do trecho pernambucano da ferrovia, representando 10% do total da obra, orçada em R$ 5 bilhões. “Neste momento, o mais importante foi garantir a decisão política do governo federal no trecho Salgueiro-Suape”, enfatizou Raquel.

A gestora destacou a articulação realizada por ela e líderes pernambucanos para viabilizar a retomada da obra. “Nós trabalhamos muito, e não trabalhei sozinha, para conseguir garantir o retorno da Transnordestina à Suape, e a decisão do presidente Lula, com o apoio do ministro dos Transportes, Renan Filho, era a garantia de retomar isso”, recordou Raquel.

As declarações da governadora foram feitas durante a inauguração da Subestação Via Mangue, em Boa Viagem, Zona do Recife, realizada pela Neoenergia. Este equipamento, com alto padrão tecnológico, consumiu investimentos da ordem de R$ 50 milhões. Do total, R$ 39 milhões foram destinados exclusivamente para a subestação e os R$ 11 milhões restantes para as redes (incluindo dois trechos de linha de transmissão 69 kV). A Subestação Via Mangue beneficiará 16 mil habitantes do Pina, Brasília Teimosa, Boa Viagem (incluindo várias comunidades do bairro) e Imbiribeira.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *